Exame de Sonoendoscopia no Diagnóstico da Apneia do Sono

Exame de Sonoendoscopia no Diagnóstico da Apneia do Sono
Avalie esta Matéria

Como todos já temos conhecimento, um sono de qualidade é essencial para garantir boas condições de saúde e de qualidade de vida. A privação do sono pode originar uma série de problemas de saúde, incluindo cansaço crônico, perda de memória, obesidade, enfraquecimento do sistema imunológico, entre outros.

Um dos distúrbios do sono mais comuns é a apneia do sono, caracterizada por interrupções respiratórias do paciente durante o sono. Estudos recentes indicam que a apneia do sono pode atingir entre 3,7% e 26% da população . Entre 80 e 90% das pessoas que enfrentam o distúrbio desconhecem seu diagnóstico.

O distúrbio respiratório apresenta causas multifatoriais e é diagnosticado, geralmente, através de exames realizados em vigília. Exames clínicos, exames de imagem, cefalometria e ressonância magnética são alguns deles. No entanto, os resultados obtidos por estes exames não são necessariamente assertivos e satisfatórios.

sonoendoscopia

Exame de Sonoendoscopia: Nova Ferramenta no Diagnóstico da Apneia do Sono

O exame de sonoendoscopia (ou endoscopia do sono) configura uma nova ferramenta no diagnóstico da apneia do sono. Dentre os demais exames, a endoscopia do sono destaca-se pelo fato de ser realizada sob sono induzido do paciente, oferecendo, assim, resultados mais esclarecedores em relação ao local exato de sua obstrução respiratória.

Os exames atualmente utilizados no diagnóstico da apneia do sono são realizados com o paciente acordado, e seus resultados não oferecem grande precisão. Isso porque algumas alterações obstrutivas e de relaxamento muscular só podem ser observadas durante o sono.

Este é exatamente o diferencial do exame de sonoendoscopia: permite resultados mais precisos. Através da administração de um sedativo na veia do paciente, é possível atingir um estado de sono próximo ao natural.

Exame de Sonoendoscopia – Procedimento

Após atingido o estágio do sono do paciente, é realizado o exame endoscópico do nariz e da garganta, com objetivo de identificar as regiões que apresentam maior obstrução e/ou vibração ao fluxo de ar.

Além disso, durante o exame é feita a análise dos níveis de saturação de oxigênio, frequência cardíaca e eletrocardiograma. Assim, é possível visualizar as consequências provenientes da apneia em tempo real.

O exame é realizado em ambiente hospitalar e tem duração média de apenas 10 minutos. Após a realização do procedimento, o paciente é encaminhado para a recuperação anestésica, e dentro de 45 minutos provavelmente já receberá alta.

Ainda não foi estabelecida uma padronagem em relação à droga utilizada no momento de sedação do paciente. (deletar essa parte)

Papel do Exame de Sonoendoscopia na Escolha do Tratamento

A localização exata das regiões obstruídas auxilia os médicos no momento da escolha da abordagem clínica e/ou cirúrgica adequada, assegurando resultados positivos e satisfatórios ao tratamento.

Os resultados obtidos pela sonoendoscopia tem sido satisfatórios até o momento. Trata-se de uma técnica dinâmica, válida e segura, que proporciona resultados mais satisfatórios à escolha do tratamento.

Se você sofre de apneia do sono, não deixe de consultar o médico do sono de sua confiança. Pode ser que o exame de sonoendoscopia auxilie na escolha da abordagem terapêutica adequada, de acordo com suas especificidades.

Não deixe de consultar um especialista e preserve a qualidade de seu sono!

Comente