Corpos Estranhos Nasais – Sinais de Alerta e Tratamento

Corpos Estranhos Nasais – Sinais de Alerta e Tratamento – Crianças com menos de cinco anos de idade, muitas vezes acabam colocando objetos estranhos no nariz. Às vezes elas fazem isso por curiosidade. Outras vezes, eles estão copiando outras crianças. E ocasionalmente, elas podem acidentalmente inalar o corpo estranho enquanto tentam sentir o cheiro. É importante estar atento aos sinais de alerta para corpos estranhos nasais, para buscar atendimento médico imediato.

Veja neste artigo como identificar estes sinais e como realizamos sua remoção.

Sinais de Alerta

O nariz consiste em duas fossas nasais separadas por um septo vertical e subdivididas em três passagens pelas conchas nasais. Corpos estranhos nasais tendem a estar localizados no assoalho da passagem nasal, logo abaixo do corneto inferior, ou na fossa nasal superior anterior ao corneto médio. Corpos estranhos nasais comuns incluem:
  • Miçanga;
  • Botões;
  • Partes de brinquedos;
  • Pedras;
  • Cera de vela;
  • Comida;
  • Papel;
  • Tecido;
  • Baterias de botão.

Seu filho pode dizer que ele colocou algo em seu nariz, ou você pode descobrir por conta própria.

O sintoma mais comum de um corpo estranho no nariz é a drenagem nasal. A drenagem aparece apenas no lado do nariz com o objeto, e muitas vezes tem um mau cheiro. Em alguns casos, seu filho também pode ter um nariz sangrando. Às vezes, um som de assobio pode ser ouvido enquanto o seu filho está respirando.

Remoção dos Corpos Estranhos Nasais

A maioria dos corpos estranhos nasais pode ser facilmente removida no consultório ou no departamento de emergência. Antes da remoção do corpo estranho, o medicamento fenilefrina pode ser usado para reduzir o edema da mucosa, e a lidocaína tópica pode ser aplicada para fornecer analgesia.

As técnicas incluem remoção com visualização direta usando ganchos curvos, loops de cerúmen ou cateteres de sucção. Uma remoção bem-sucedida também pode ser efetuada passando um cateter de ponta de balão fino e lubrificado além do corpo estranho, insuflando o balão e puxando o balão de cateter inflado para a frente, movendo assim o corpo estranho para o corneto anterior, onde a remoção pode ser concluída.

Os pacientes podem ser capazes de expulsar o corpo estranho nasal simplesmente “assoando o nariz” enquanto bloqueiam a narina oposta.

Se isso falhar, ou se houver um corpo estranho nasal em uma criança pequena incapaz de cooperar, a ventilação com pressão positiva pode ser administrada pela boca do paciente.

Uso de Pressão Positiva

corpos-estranhos-nasais

Nessa técnica, deve-se cobrir a boca da criança com sua boca, fechar a narina desobstruída com um dedo e fazer uma rápida e suave tragada de ar.

Embora a criança feche reflexivamente a glote para proteger seus pulmões da pressão, é importante que os pais não usem uma respiração de grande volume ou alta pressão.

O barotrauma ao ouvido é um risco teórico de ventilação com pressão positiva. Precauções adequadas de controle de infecção devem ser tomadas porque o corpo estranho provavelmente será expelido contra a bochecha da pessoa que está realizando a técnica e será coberto com muco e possivelmente sangue.

A pressão positiva também pode ser administrada pelo nariz usando tubos de oxigênio.

Outras tentativas de remoção podem empurrar o corpo estranho nasal para dentro da faringe, criando um risco para as vias aéreas. A sedação é desencorajada porque pode aumentar as complicações reduzindo os reflexos da mordaça e da tosse. É importante procurar auxílio médico para a remoção do corpo estranho, no sentido de evitar complicações.

Gostou do Artigo?

Classifique

Classificação média 5 / 5. Contagem de votos 1

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Call Now Button