Dor de Ouvido no Avião – Porque Acontece e Como Evitar

Dor de Ouvido no Avião – Porque Acontece e Como Evitar
Avalie esta Matéria

A dor de ouvido no avião é um desconforto que pode ocorrer logo no início do vôo, quando o avião está subindo, bem como no final deste, quando o avião está descendo. O sintoma ocorre devido às rápidas mudanças na altitude, que geram um desequilíbrio entre a pressão do ar no ouvido médio e a pressão do ar no ambiente.

dor-de-ouvido-aviao

Como Ocorre a Dor de Ouvido no Avião

Para compreender como ocorre a dor de ouvido no avião, é importante saber que o ouvido médio é conectado à cavidade nasal através da tuba auditiva – um canal com função de controlar a ventilação dessas estruturas, assim como do tímpano, a membrana localizada entre elas.

Ao decolar e pousar de um avião, estas estruturas estão sujeitas a alterações na pressão atmosférica, que aumentam ou diminuem o volume de ar entre elas, empurrando e puxando o tímpano. Na realidade, são essas pressões sobre o tímpano que causam a dor de ouvido.

Quando isto acontece, é comum a sensação de desconforto, plenitude ou abafamento no ouvido, uma perda auditiva ligeira ou mesmo dor, principalmente nos bebês, em que as estruturas auditivas são mais frágeis.

Sintomas mais graves também podem ocorrer, em alguns casos, como dor forte, perda auditiva moderada ou grave, zumbido, vertigem ou sangramento.

Fatores que Favorecem a Dor de Ouvido no Avião

Qualquer condição que bloqueie a livre passagem de ar pela tuba auditiva pode aumentar o risco de dor de ouvido no avião. Entre as diversas condições, estão:

  • Temperatura mais fria;
  • Sinusite;
  • Rinite;
  • Infecções no ouvido médio;
  • Estar dormindo durante a decolagem ou o pouso do avião;
  • Uma tuba auditiva mais estreita e curtas, geralmente em crianças, pois ainda estão em desenvolvimento;
  • Exposição frequente a esta condição pode causar danos aos tecidos do ouvido interno e da tuba auditiva. Isto pode lhe tornar mais propenso a enfrentar o problema novamente.

Como Prevenir a Dor de Ouvido no Avião

As diversas dicas para prevenir a dor de ouvido no avião estão relacionadas, principalmente, a manter as regiões nasal e auditiva limpas, hidratadas e com uma livre circulação do ar. Veja a seguir as estratégias mais indicadas durante a decolagem ou o pouso:

  • Realizar a limpeza das cavidades nasais com solução fisiológica antes da decolagem, durante o vôo e no início do pouso, para hidratar a mucosa do nariz, retirar poluentes e alérgenos. Com o nariz funcionando melhor, a tuba auditiva permanece melhor ventilada, reduzindo a chance de dor;
  • Bocejar, mastigar e engolir. Estas manobras ativam os músculos que abrem a tuba auditiva;
  • Não realizar a manobra de valsalva durante o pouso  para evitar complicações;
  • Permaneça acordado, para realizar estas técnicas quando sentir a pressão nos ouvidos;
  • Se possível, não voe quando apresentar resfriado, sinusite, congestão nasal, otite, ou se fez recentemente uma cirurgia no ouvido.

Para evitar este problema nos bebês, é importante não deixá-los dormir na hora da decolagem ou do pouso. Ofereça a mamadeira ou outro alimento nestes momentos, evitando a posição deitada, para não ocorrer engasgo.

Quando Procurar um Médico Devido à Dor de Ouvido no Avião

A dor de ouvido no avião geralmente não é um problema grave e responde a estas estratégias de autocuidado. Contudo, em algumas pessoas, a dor persiste, especialmente quando já existe algum problema que impede a boa circulação do ar no organismo.

Nestes casos, complicações em longo prazo podem ocorrer, causando danos nas estruturas do ouvido médio ou interno.

Se o desconforto, a sensação de plenitude, a audição abafada ou sintomas de perda auditiva e zumbido permanecerem, por mais do que algumas horas, é importante procurar auxílio de um otorrinolaringologista.

Comente