Curso de Cirurgia Reconstrutiva de Vias Aéreas na Infância

Curso de Cirurgia Reconstrutiva de Vias Aéreas na Infância
Avalie esta Matéria

No dia 20 de junho, realizamos uma Cirurgia Reconstrutiva de Vias Aéreas, em conjunto com o médico suíço Dr Philippe Monnier, maior cirurgião de vias aéreas pediátricas do mundo.

Professor Emérito de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Centro Universitário Vaudois (CHUV) de Lausanne, Suíça, o Dr. Philippe Monnier é considerado a maior autoridade mundial nas cirurgias de vias aéreas em crianças.

E ele retornou ao Brasil para realizar dois procedimentos cirúrgicos de reconstrução laringotraqueal por trauma e intubação prolongada, em conjunto com a equipe de Otorrinolaringologia do Hospital São Camilo Pompeia e com transmissão ao vivo para o anfiteatro do Hospital.

Cirurgia Reconstrutiva de Vias Aéreas

A Cirurgia Reconstrutiva de Vias Aéreas na Infância

O Dr Philippe Monnier já há mais de 5 anos participa de cursos com a equipe de Otorrinolaringologia do Hospital São Camilo Pompeia chefiada pelo Dr José Antonio Pinto, no diagnóstico e tratamento de doenças das vias aéreas superiores em crianças.

Através de técnicas cirúrgicas endoscópicas e abertas, a equipe de otorrinolaringologia realiza cirurgias reconstrutivas da laringe e da traqueia em casos complexos, resultado de traumas, sequelas de intubação prolongada e lesões congênitas que produzem estreitamento das vias respiratórias.

O Curso de Cirurgia Reconstrutiva de Vias Aéreas

Uma das principais causas da estenose de laringe em crianças com traqueostomia é a utilização de intubação orotraqueal nas unidades de terapia intensiva neonatais e pediátricas, durante longos períodos. Grande parte dos casos de cirurgias reconstrutivas da laringe e da traqueia, operados na técnica tradicional apresentam alguma falha.

A técnica cirúrgica desenvolvida pelo Dr. Philippe Monnier atende esses casos complexos, fornecendo novamente a qualidade de vida às crianças que teriam que conviver com a traqueostomia para o resto da vida.

Para o Dr José Antonio Pinto, a oportunidade de operar em conjunto com o Dr Monnier, que é uma referência na Europa e no mundo, está sendo de grande aprendizado para todos profissionais, pois o médico suíço desenvolveu uma técnica cirúrgica própria, já que poucos médicos realizam esse tipo de cirurgia em crianças, por interferir em áreas delicadas e vitais do organismo.

A Estenose Laríngea

A estenose de laringe é caracterizada por um estreitamento desta estrutura, em função de uma cicatriz, que pode ser parcial ou completa, congênita ou adquirida. Entre as causas adquiridas, temos os traumas internos e os traumas externos, que podem ser cervicais, devido a acidentes automobilísticos, por colisão com fios de pipa, agressões com objetos corto-contusos ou penetrantes e lesões por sufocação ou enforcamento.

Nos casos de estenoses causadas por trauma endolaríngeo, temos aquelas associadas com intubação prolongada, lesões decorrentes do uso das sondas nasogástricas e queimaduras físicas ou químicas. Infecções, como tuberculose, sífilis, hanseníase, micoses profundas e difteria são raras, mas doenças inflamatórias crônicas, como lúpus eritematoso sistêmico, policondrite recidivante, amiloidose e epidermólise bolhosa também podem ser causas de estenoses laríngeas.

Comente