Pólipo Nasal – Você Sabe o Que é?

Pólipo Nasal – Você Sabe o Que é?
5 (100%) 9 votos

Pólipo nasal é o nome médico conferido a pequenas bolsas de tecido inflamado que crescem na região interna do nariz ou nos seios paranasais. Eles são massas indolores, que podem passar despercebidos, mas gera algumas complicações se não tratados adequadamente.

Neste artigo, saiba mais sobre os pólipos nasais, suas causas, sintomas e tratamento.

polipo-nasal-o-que-e

Pólipo Nasal – Saiba Mais

Os pólipos nasais podem variar em sua localização, nas diferentes regiões do nariz e dos seios da face, assim como no tamanho, formato e coloração, além da quantidade, podendo ser únicos ou múltiplos, formando uma espécie de “cachos”.

Ao contrário dos pólipos que desenvolvem-se no cólon ou na bexiga, quando um pólipo é encontrado no nariz, não significa a presença de tumores e não sugere o risco de câncer. Ele apenas representa uma inflamação, em todo caso se faz necessário uma biópsia da massa, para excluir a presença de uma neoplasia.             

Pólipo Nasal – Causas

As causas para o crescimento dos pólipos nasais ainda não estão completamente esclarecidas. Sabemos, atualmente, que uma inflamação crônica e alergia podem favorecer sua ocorrência.

Por este motivo, pessoas que apresentam alergias, dificuldades para respirar, infecções crônicas dos seios nasais, rinite alérgica, asma, fibrose cística e doença mucociliar possuem uma maior propensão a terem pólipos nasais.

Pólipo Nasal – Sintomas

Os pólipos nasais não causam dor. Como possuem uma consistência mais mole e são muito pequenos, também não causam incômodo, sendo que algumas pessoas nem sequer os percebem.

Para que o indivíduo comece a apresentar sinais e sintomas, os pólipos nasais estão associados a um quadro de sinusite crônica, ou há presença de muitos pólipos. Veja a seguir alguns dos sinais e sintomas:

  • Coriza;
  • Congestão nasal persistente;
  • Bloqueio das vias aéreas;
  • Gotejamento pós-nasal;
  • Redução do olfato;
  • Perda do paladar;
  • Dor no rosto, nos dentes superiores ou na cabeça;
  • Sensação de pressão sobre a testa e o rosto;
  • Ronco;
  • Coceira ao redor dos olhos;
  • Respiração pela boca.

Quando não tratados adequadamente, os pólipos nasais podem causar complicações, como o bloqueio do fluxo de ar nas vias aéreas e da drenagem de fluidos. Algumas complicações são:

  • Apneia obstrutiva do sono;
  • Infecção dos seios paranasais;
  • Crises de asma;
  • Infecção na órbita ocular, que pode evoluir para visão reduzida;
  • Meningite.

Pólipo Nasal – Tratamento

O tratamento do pólipo nasal tem como objetivo reduzir seu tamanho ou tentar eliminá-lo cirurgicamente.

O uso de medicamentos, geralmente sprays de corticoides nasais para aliviar a obstrução nasal e corticosteroides orais podem ajudar na redução dos sintomas. Antibióticos só devem ser usados quando uma infecção bacteriana estiver presente, com a devida prescrição médica.

Algumas pessoas podem necessitar de uma cirurgia endoscópica dos seios paranasais a fim de retirar os pólipos, para que a doença fique controlada por um tempo maior. No entanto, mesmo com a realização de uma cirurgia, os pólipos nasais tendem a reaparecer no futuro.

Manter um tratamento comportamental é recomendado para que se controle a irritação devido à presença dos pólipos. Assim, um controle ambiental adequado, evitando conteúdos agressivos, como poluição, odores fortes e realizando lavagens nasais abundantes com soro fisiológico, várias vezes ao dia, são ações que podem ajudar.

Siga sempre as orientações do seu médico otorrino e jamais se automedique, nem interrompa o uso de medicamentos por conta própria.

Comente